quarta-feira, 13 de outubro de 2010

e tudo continua

Imagine que você está à beira mar e vê um navio partindo. Você fica olhando, enquanto ele vai se afastando, se afastando, cada vez mais longe, até que finalmente parece apenas um ponto no horizonte - lá onde o mar e o céu se encontram. E aí você diz: pronto, ele se foi. Foi aonde? Foi a um lugar que a sua vista não alcança, só isto. Ele continua tão grande, tão bonito e tão importante como era quando estava perto de você. A dimensão diminuída está em você, não nele. E naquele exato momento em que você está dizendo "ele se foi", há outros vendo-o aproximar-se e outras vozes exclamando com júbilo: Ele está chegando!

(Henry Sobel)

*****************************************


Minha doce Helena, o infinito existe. E tudo continua. Mesmo quando a gente acha que a vida acabou. E não há terreno mais fértil para continuarmos existindo do que o coração daqueles que nos amam. Ali passamos a residir eternamente.

Este texto do rabino (que significa "aquele que ensina", "mestre") Henry Sobel é um guia para mim, amôre. Faz alguns anos que li estes pensamentos pela primeira vez - e me senti profundamente atingida por esta grande lição. Sempre pensei assim também, exatamente assim. E acredito firmemente em cada palavra de Sobel, cuja religião é o judaísmo. Lê sobre isso, que é muito interessante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário