sexta-feira, 24 de setembro de 2010

peito de ouro

ninabebes.blogspot.com

Você tinha uma semana de vida, baby. E como papais de primeira viagem, eu e Edu achamos legal se a gente recebesse na nossa casa a visita de "Gerusa Mãos-de-Fada". Foi assim que me falaram dela. Uma enfermeira que sabia tudo sobre amamentação. Que ia pessoalmente na casa dos bebezinhos para ensinar a melhor forma de as mamães darem o peito a eles. Tudo corria muito bem entre mim e você, mas queríamos ter certeza.

- Nove entre dez mães queriam ter o seu peito, e nove entre dez mães desejariam que seus filhos pegassem o peito como a doce Helena pega. A décima mãe não conta porque é você.

Foi uma melodia para os nossos ouvidos.

Um ano e um mês de muitas mamadas. Muitas noites cortadas por três, quatro leitões demorados. Nenhuma rachadura. Nenhuma dor. Nenhuma fisgada. Nenhuma mastite. Nada. Só prazer. É pura sorte, querida. Posso te garantir que foi uma das experiências mais incríveis pra mim.

Só não esperava que, mesmo depois de este peito molenga secar, você ainda ia querer a companhia dele, especialmente à noite, antes de dormir.

Seu aniversário de 4 anos vai ser comemorado daqui a dois meses. E até hoje você gosta de dormir amassando ele, alisando (como quem está ajeitando um travesseiro), segurando com o polegar e o indicador o bico nada pequeno da mamusca - e retorcendo o coitado, algo semelhante ao antigo hábito de sintonizar o botão da rádio em busca da emissora favorita. E, olha só você, ainda curte mamar. Mesmo sem leite. Como se fosse uma chupeta amiga.

Esta semana, depois de muita inistência sua para dormir "mamando", coisa com que a mamãe está tentando acabar, eu perguntei de forma direta e curiosa:

- Filha, por que você ainda gosta tanto desse peitolo da mamãe, hein? Você já é uma garotinha, amôre...

E sabe o que você respondeu, da forma mais doce e poética que palavras poderiam ter?

- Porque eles me fazem sorrir.

4 comentários:

  1. Owwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwww................. hahaha... só tu mesmo, Vivi. Tô frita, assada, cozida de coisa pra fazer antes de sair de férias, mas não resisti e vim dar uma espiadinha. Que texto lindooooooooo. Me emocionei COMPLETAMENTE!!! Ooooowwwwww.... lindo demais! Beijo, digníssima Sra. Peitola doce. ;)

    Naidinha.

    ResponderExcluir
  2. Vivi, querida, isso é a mais pura mágica de papai do céu! Eu não consegui amamentar, nem com a visita da Gerusa querida!!! Mas graças a Deus, Marina está cada dia mais saudável! Beijão. Catarina

    ResponderExcluir
  3. A sua alegria ao receber a notícia de que a mamãe vai deixar você mamar é a coisa mais linda do mundo, parece que você tá vendo uma miragem. Até eu compro a briga em seu favor para que a sua mãe não corte esse mimo de vez. Na vida filha seguimos muitas covenções(regras), as pessoas vivem dizendo o que é certo ou errado, o que devemos ou não fazer. Pra mim o mais importante é não negar AFETO, ACONCHEGO, CARINHO, atendendo a algo que foi convencionado por algum estudioso que certamento não teve acesso a nenhum desses sentimentos.
    ADORO VER VOCÊ E A MAMÁE SE OLHANDO ENQUENTO MAMA, NESSE MOMENTO TENHO AINDA MAIS CERTEZA DO QUE ESTAMOS CONSTRUINDO JUNTOS.

    Te amamos...

    ResponderExcluir
  4. Aiiiii Viviiiiii, agora conseguir me encontrar na Helena...rsrsrsrs
    Durante anosssss de minha doce infância, além de dormir no meio de meus pais, eu só conseguia dormir, apertando o pobre peitcho de mainha...kkkkkkkkkkkkk
    E até hoje, quando durmo ao lado dela, meu sono é o mais tranquilo e meus sonhos os mais lindos!!!
    :D

    BEIJOS
    Rê Preta

    ResponderExcluir