quinta-feira, 20 de agosto de 2009

menina ou mulher?

Cheguei em casa abrindo a porta devagarinho para fazer uma surpresa. Ela estava na sala. De calcinha, com uma faixa mal colocada na cabeça e um pedaço de milho cozido na mão. Correu ao meu encontro.

- Oi, mamãe!

Não gosto de milho in natura. Quando era criança, até arriscava no assado, mas do cozido eu nunca fui fã. Mesmo assim, quis fazer uma graça:

- Ôba! Milho! Me dá um pedacinho, Helena?

Ela respondeu:

- Não, mamãe. É só pra menina.

Franzi a testa:

- E a mamãe não é menina?

- Não. Tu é mulher!

Nenhum comentário:

Postar um comentário