quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

o penico azul

É sempre uma festa ir ao supermercado. Cada corredor é uma fila interminável de surpresas e descobertas. O setor de cadeiras e mesas para varandas e piscinas é um de seus preferidos. Ela senta em todas, prova o conforto de cada uma, e sempre termina na espreguiçadeira, que ela jura que é um escorrego.

Era para comprar apenas carne e água sanitária. Mas a cada corredor algum item a mais era adicionado ao carrinho. Na seção infantil, Helena deu de cara com penicos de plástico, daqueles bem simples e pequenos até para ela. Adotou o azul claro e fez dele a sua companhia.

Primeiro, ele serviu de chapéu. A minha menina maluquinha, com sua graça singular, adorou desfilar com o objeto sobre a cabeça. "Ó", mostrava a quem quer que passasse, arrancando risos da maioria.

- Filha, isso é um penico, parecido com o troninho do ursinho que você tem lá em casa, lembra? É pra fazer xixi e cocô.

No corredor seguinte, ela colocou o penico no chão e se sentou.

- Mamãe, papai, xixi!

E foi assim por mais uns três ou quatro corredores, sempre "brincando" de fazer xixi.

Eduardo escolhia cereal e eu empurrava o carrinho quando Helena se levantou do penico mais uma vez. Agora, com o macaquinho que vestia todo molhado e xixi "de verdade" no tal penico! Nem me ocorreu que ela fosse fazer isso porque ela tinha ido ao banheiro assim que chegamos ao supermercado.

Que situação... Eu e Eduardo, com cara de cocô, no meio do supermercado, com um penico azul nas mãos cheio de xixi...

Não houve alternativa. O carrinho de limpeza amarelo estava bem ali. A servente, limpando o chão a poucos metros do local. Uma olhadela para um lado, outra olhadinha para o outro... e pronto! A água suja acumulada num de seus compartimentos agora era bem mais do que água.

E agora já sei: ao fazer compras em supermercados com nossa Helena, mantê-la longe de penicos e afins é a melhor estratégia. Até porque, da próxima vez, pode ser que ela resolva inovar e fazer outra coisa.

Um comentário:

  1. ahahahahaha Que ótimo :D A minha Sophia tb faz as gracinhas e fica mostrando com um "ó". Elas são fantásticas e nos ensinam um lado da vida inimaginável antes delas!
    Bjo,
    Flávia Barros

    ResponderExcluir